segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Eternamente romântico


A fé move montanhas, querido. Também posso mover, se tiver fé em mim.

Se crer em mágica, venha comigo ficaremos e juntos pela eternidade, você e eu.

Você eu, enamorados ficaremos pela eternidade jovens e livres.

Sim, eu te amo sei que este é um amor louco.

Foi fascinação, eu sei. Toquei sua mão. Eu te beijei.

Fascinação que virou amor.

Você me desarma, no teu sorriso, me deixa mudo. – mas não é uma sensação ruim.

Minha querida, seu amor me fez livre como uma canção, para se cantada sempre!

Inesquecível que tu és, como uma canção de amor que emociona.

Conservo-te no meu coração, como a parte mais preciosa da minha vida.

Fale que é o meu nome que você escreve no seu diário.

Um comentário:

karolina disse...

O meu primo é romântico? Que legal.