sábado, 16 de janeiro de 2010

Zilda Arns "Um anjo que servia na terra e ascendeu ao céu pelo Haiti"


Perdemos um anjo que fez de sua vida uma lição de amor ao próximo. Zilda Arns em seu trabalho não salvou somente crianças salvou famílias inteiras e muito mais, inspirada no evangelho de são joão que fala da multiplicação dos alimentos, multiplicou sua rede de voluntários, com seu dom tocou o coração de milhares de pessoas Brasil à fora que levaram uma receita simples solidariedade, soro caseiro, conhecimentos básicos de medicina, nutrição e informação assim ajudaram os mais necessitados. Dra. Zilda estava onde prescisavam dela, seu projeto começou em Florestópolis ponto de partida de onde salvou milhões de pessoas levando esperança à vários países, mas  Dra. Zilda sempre ia mais longe. Sujando seus sapatos de lama, adentrava casas humildes com igual humildade que iluminava os corações de quem a ouvia falar de seu projeto.
Salvar crianças era seu lema e foi passando essa mensagem que ela se foi, junto com mais de 200 mil outras pessoas, a heroina ascendeu ao seu posto no céu. Sim, Zilda Arns morreu mais sua lição foi passada, uma história de amor à vida, nos ensina que basta uma pessoa querer ajudar, que milhares ajudarão. Ela morreu tentando mudar o mundo em uma igreja no pais mais pobre das Américas no terremóto que varreu um país já arruinado pela miséria e guerra. Vamos seguir seu exemplo! Vamos ajudar aos sobreviventes desta catástrofe, doando ou ajudando a coletar alimentos não perecíveis em igrejas ,seja ela católica, evangélica, batista ou judaica assim podemos salvar vidas, caso queira pode também fazer uma doação na caixa econômica através da conta abaixo:
Os dados da conta para doação são: Agência 0647, Operação 003, Conta: 600-1 em nome do PNUD - Haiti veja a fonte neste link Caixa abre conta para doações às vitimas do terremoto no Haiti
Veja este video de  Míriam Leitão no site Espaço Aberto  e conheça quem foi Zilda Arns.

Um comentário:

Sissym disse...

Querido novo amigo, sentiremos a falta dela, especialmente quem mais precisava dela: o mundo.

Fico tão orgulhosa que este anjo era brasileiro. Que país bonito é este o nosso. Quanto podemos dar e fazer pelo mundo!

Ela agora é mais uma estrela a brilhar no ceu.

Continuará nos iluminando.

Bjs